Qual é a porcentagem de migrantes em seu país?

Por Gustavo Barreto (*)
Foto: ACNUR Guatemala/L. Taylor

Foto: ACNUR Guatemala/L. Taylor

A mídia pode desempenhar um papel importante para dissipar os mitos em torno de migrantes e outros segmentos da população.

Na maioria dos países, as pessoas acreditam que os migrantes representam uma parcela muito maior da população do que eles efetivamente são.

Segundo um levantamento divulgado pelas Nações Unidas, na Itália, por exemplo, os entrevistados acreditam que os imigrantes constituem 25% da população, sendo na verdade apenas 7%.

Na Espanha, a percepção é de 21%, enquanto na realidade os migrantes são 14%.

Nos EUA, os imigrantes representam 14% da população, mas os entrevistados acreditam que o número chega a 39%.

Esta percepção está possivelmente vinculada a outros estereótipos que os migrantes são obrigados a levar – como por exemplo a ideia de que quanto maior este número, maior os custos para um país. Um preconceito que não tem qualquer fundamento acadêmico e nenhuma base científica – ou seja, não há estudos suficientemente amplos que avaliem este aspecto.

[Dados da percepção do público da “Transatlantic Trends”, referentes ao ano de 2010]

Share
(*) Gustavo Barreto (@gustavobarreto_) é jornalista. Acesse também pelo Facebook (www.facebook.com/gustavo.barreto.rio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *